Ligue-se a nós

DESPORTO

FC PORTO: SÉRGIO CONCEIÇÃO ALERTA PARA MOMENTO DO GIL VICENTE

O campeão nacional FC Porto precisa de “estar alerta e muito ligado” para se impor na receção ao Gil Vicente, na quarta-feira, dos quartos de final da Taça da Liga de futebol, advertiu hoje o treinador Sérgio Conceição.

Online há

em

O campeão nacional FC Porto precisa de “estar alerta e muito ligado” para se impor na receção ao Gil Vicente, na quarta-feira, dos quartos de final da Taça da Liga de futebol, advertiu hoje o treinador Sérgio Conceição.

“É um jogo a eliminar e que temos obrigatoriamente de o ganhar para estarmos na ‘final four’. Esperamos fazê-lo durante os 90 minutos. Houve algumas nuances que mudaram, mas conhecemos bem o Gil Vicente. Com muitos dos jogadores deste plantel, fez um campeonato muito interessante na época passada e direi que foi a verdadeira surpresa. Dentro de um jogo difícil, cabe-nos ir à procura do resultado, ser fiéis àquilo que somos como equipa e olhar para mais uma final”, notou o técnico, em conferência de imprensa.

Os ‘galos’ venceram o Grupo E, com sete pontos, à frente do também primodivisionário Portimonense e dos ‘secundários’ Nacional e Sporting da Covilhã, já sob orientação de Daniel Sousa, que sucedeu a Ivo Vieira após a paragem da I Liga para o Mundial2022.

“O novo treinador entrou há três jogos e devolveu alguma confiança à equipa. Trabalhar em cima de resultados positivos é melhor e o último foi muito positivo [vitória por 3-0 em Portimão]”, lembrou Sérgio Conceição, que viu o FC Porto melhorar a sua prestação na Taça da Liga face a 2021/22, ao acabar no topo da ‘poule’ A, também com sete pontos.

Os ‘dragões’ empataram com o Mafra (2-2), da II Liga, antes de baterem Desportivo de Chaves (2-0) e Vizela (4-0), ambos do escalão principal, numa prova em que marcaram apenas um golo até ao intervalo, em oposição aos sete anotados nas segundas partes.

Advertisement

“Às vezes, juntam-se ali duas ou três razões para que as coisas não nos corram tão bem. Não acho que não entrar bem seja um comportamento padrão, antes pelo contrário. Por muitas vezes, a equipa entra forte e continua forte durante o jogo. Espero que amanhã [na quarta-feira] sejamos essa equipa completa durante os 90 minutos para ganhar”, frisou.

O FC Porto entrou a ganhar em casa ao Vizela com um golo do espanhol Toni Martínez logo aos 46 segundos, o mais precoce de sempre do clube na Taça da Liga, mas Sérgio Conceição falou no “mérito do adversário” em ter equilibrado o jogo na etapa inaugural.

“Não quer dizer que há falta de vontade em ganharmos no primeiro, no 20.º ou no último minuto. A vontade e a preparação são sempre iguais. Agora, posso confidenciar que não foi tanto culpa dos jogadores. Houve algum mérito do Vizela na primeira parte e algum demérito meu por não ter alertado os atletas para situações que não estávamos a fazer bem”, partilhou, acerca de uma partida sentenciada com três tentos depois do intervalo.

Os ‘azuis e brancos’ subiram de rendimento a partir das entradas dos habituais titulares Otávio, Evanilson e Taremi no reatamento, três opções justificadas pelo treinador com a urgência de “mudar certas situações na pressão e na dinâmica com e sem bola”.

O terceiro golo chegou de bola parada, num livre ‘estudado’ entre os brasileiros Pepê e Wendell, que se estreou a marcar ao 17.º encontro em 2022/23, encaminhando a quinta presença na ‘final four’ do finalista derrotado em 2009/10, 2012/13, 2018/19 e 2019/20.

Advertisement

“Quando um desafio está difícil, uma bola parada pode ser decisiva e temos plena noção disso. Promovemos essas situações quando há exímios batedores, como era o caso do Alex Telles e de outros jogadores. Estou a lembrar-me de um golo do Marega, que não era aquele batedor… [risos]. Importante é metê-la [a bola] lá dentro [da baliza]. Agora, obviamente, se tiver alguém que a meta de forma direta é mais simples”, referiu.

A receção aos minhotos antecede o regresso da I Liga frente ao Arouca, da 14.ª jornada, em 28 de dezembro, numa fase em que Sérgio Conceição está desfalcado de Francisco Meixedo, Pepe, do nigeriano Zaidu e do canadiano Stephen Eustáquio, todos por lesão.

“Fazendo uma analogia com os automóveis, se preparamos um carro para uma próxima pista, que até é mais mediática do que a que temos amanhã [na quarta-feira], corremos o risco de ter um acidente e, depois, não termos nem uma nem outra [pista]. Eu preparo o jogo a pensar no Gil Vicente e não no campeonato. Aqueles que acho que estão melhor em termos físicos, anímicos e na estratégia são aqueles que entram de início”, concluiu.

O campeão nacional FC Porto recebe o também primodivisionário Gil Vicente na quarta-feira, a partir das 20:15, no Estádio do Dragão, no Porto, no terceiro embate dos quartos de final da Taça da Liga, que será arbitrado por Manuel Mota, da associação de Braga.

O vencedor vai encontrar, depois, o ‘secundário’ Académico de Viseu ou o Boavista, do escalão principal, na ‘final four’ da 16.ª edição da prova, que vai voltar a ser disputada pela terceira época seguida no Estádio Municipal de Leiria, entre 24 e 28 de janeiro de 2023.

Advertisement
Advertisement
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

LIGA DOS CAMPEÕES: FC PORTO VENCE ARSENAL COM GOLO DE GALENO AOS 90+4

Um golo de Galeno, em tempo de compensação, deu hoje ao FC Porto a vitória por 1-0 sobre o Arsenal, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, no Estádio do Dragão.

Online há

em

Um golo de Galeno, em tempo de compensação, deu hoje ao FC Porto a vitória por 1-0 sobre o Arsenal, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, no Estádio do Dragão.

O tento do triunfo surgiu no derradeiro minuto dos ‘descontos’, aos 90+4, permitindo que os ‘dragões’, campeões europeus em 1987 e 2004, entrem em vantagem no encontro da segunda mão, agendado para 12 de março, em Londres.

O FC Porto procura superar os ‘oitavos’ da ‘Champions’ pela sexta vez, depois de 2003/04, 2008/09, 2014/15, 2018/19 e 2020/21.

LER MAIS

DESPORTO

BENFICA: SCHMIDT DESTACA “BOA FASE” DA EQUIPA MOTIVADA PARA OS “OITAVOS”

O treinador Roger Schmidt destacou hoje a boa fase que o Benfica atravessa, pelo que espera dar continuidade ao momento no encontro com os franceses do Toulouse, rumo aos oitavos de final da Liga Europa em futebol.

Online há

em

O treinador Roger Schmidt destacou hoje a boa fase que o Benfica atravessa, pelo que espera dar continuidade ao momento no encontro com os franceses do Toulouse, rumo aos oitavos de final da Liga Europa em futebol.

Na passada semana, no Estádio da Luz, dois penáltis concretizados pelo argentino Ángel Di María, aos 68 e 90+8 minutos, com um tento do dinamarquês Mikkel Desler pelo meio, aos 75, selaram o 2-1 a favor das ‘águias’, mas, na quinta-feira, em Toulouse, o desafio da segunda mão do play-off será “diferente”.

“Espero um jogo difícil, porque a segunda mão de um jogo a eliminar é sempre diferente e difícil. A abordagem será um pouco diferente, eles precisam de golos para continuar e têm de atacar um pouco mais. Acreditamos em nós, queremos jogar o nosso futebol ofensivo e mostrar durante os 90 minutos que merecemos continuar na competição”, perspetivou, em conferência de imprensa.

E acrescentou: “A equipa está muito motivada. Estamos a atravessar uma boa fase e estamos bem o suficiente para vencermos o jogo”.

Para ultrapassar, novamente, o 13.º classificado da Liga francesa, as ‘águias’ vão ter de “jogar sempre com intensidade e transições”, de forma a “colocar o jogo longe” da sua área, segundo Schmidt.

Advertisement

A mãe do médio João Neves faleceu recentemente, com o treinador a mostrar-se solidário, embora sem garantir a titularidade do internacional luso em Toulouse.

“Muito chocado e triste. Estamos todos compreensivos sobre a decisão dele de treinar e jogar, porque era o que queria. A vida continua, estamos com ele e vamos falar antes de tomar a decisão sobre se joga ou não”, terminou.

O guarda-redes Trubin falou aos jornalistas antes do técnico germânico, para vincar que o objetivo dos ‘encarnados’ passa pela qualificação para os oitavos de final da competição.

“Todas as competições são muito importantes para o Benfica. O foco é vencer o Toulouse e avançar para a próxima fase. Espero que não seja necessário irmos a penáltis para ultrapassarmos a eliminatória”, expressou.

O Toulouse recebe o Benfica na quinta-feira, em jogo da segunda mão do play-off de acesso aos oitavos de final da Liga Europa, com início às 17:45 (hora de Lisboa), que será arbitrado pelo italiano Maurizio Marinai.

Advertisement
LER MAIS

MAIS LIDAS