LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

DESPORTO

LIGA DAS NAÇÕES: HISTÓRICO DE RESULTADOS É FAVORÁVEL A PORTUGAL

A seleção portuguesa de futebol venceu os últimos três encontros com a República Checa, o derradeiro já no Grupo A2 da Liga das Nações, sendo que jogará sábado pela primeira vez como visitada, em Praga.

blank

A seleção portuguesa de futebol venceu os últimos três encontros com a República Checa, o derradeiro já no Grupo A2 da Liga das Nações, sendo que jogará sábado pela primeira vez como visitada, em Praga.

Depois do fim da Checoslováquia, que se dividiu em República Checa e Eslováquia, em 1992, Portugal caiu no primeiro embate com os checos, por 1-0, nos quartos de final do Europeu de 1996, disputado em Inglaterra, mas depois respondeu com duas vitórias, também em fases finais do campeonato da Europa.

Os comandados do brasileiro Luiz Felipe Scolari triunfaram por 3-1 na segunda jornada da fase de grupos do Euro2008, na Suíça, e, quatro anos depois, o conjunto liderado por Paulo Bento ganhou por 1-0 nos ‘quartos’, na Polónia.

Depois destes três encontros em fases finais de Europeus, as duas formações só se voltaram a encontrar na atual edição da Liga das Nações e Portugal somou o terceiro triunfo consecutivo, ao vencer em Alvalade por 2-0, em 21 de junho.

Em encontro da terceira jornada da fase de grupos, e após um empate em Espanha (1-1) e uma goleada à Suíça (4-0), o ‘onze’ de Fernando Santos venceu os checos sem problemas, com dois golos de ‘rajada’ ainda na primeira parte.

João Cancelo inaugurou o marcador, aos 33 minutos, e Gonçalo Guedes fechou o resultado, aos 38, sendo que nenhum dos dois jogadores poderá jogar no sábado em Praga, o primeiro devido a castigo (dois amarelos) e o segundo porque não foi convocado.

Portugal alinhou com Diogo Costa na baliza, uma defesa com João Cancelo, Pepe, Danilo Pereira e Raphaël Guerreiro, um meio-campo com Rúben Neves, William Carvalho e Bernardo Silva e um ataque com Gonçalo Guedes, Diogo Jota e Cristiano Ronaldo.

Foi o quarto jogo com os checos, num duelo que começou da pior forma para a formação das ‘quinas’, em 1996, num célebre encontro decidido por um ‘chapéu’ do ex-benfiquista Karol Poborsky.

Na primeira aparição da ‘geração de ouro’ do futebol luso – os campeões mundiais de juniores de 1989 e 1991 – numa fase final, Portugal ultrapassou a fase de grupos, perante Croácia, Dinamarca e Turquia, e encontrou a República Checa nos ‘quartos’.

Em Birmingham, em 23 de junho de 1996, os comandados de António Oliveira não conseguiram, porém, evitar a eliminação e a culpa principal foi de Poborsky, que, aos 53 minutos, fez um magnífico ‘chapéu’ a Vítor Baía, afastando Portugal.

Portugal ‘tombou’ dessa vez, face a um conjunto que acabaria por perder a final com a Alemanha (1-2, com um ‘golo de ouro’ de Oliver Bierhoff), mas ‘respondeu, e em dose dupla, batendo os checos nos Europeus de 2008 e 2012.

Em 2008, o encontro aconteceu na segunda jornada da fase de grupos, em Genebra, em 11 de junho, e Portugal assegurou desde logo o apuramento para os ‘quartos’, ao vencer a República Checa por 3-1, depois de já ter superado a Turquia por 2-0.

Deco deu vantagem à seleção das ‘quinas’, logo aos oito minutos, Libor Sionko restabeleceu a igualdade, aos 17, mas, na segunda parte, o ‘onze’ de Scolari chegou ao triunfo, com golos de Cristiano Ronaldo, aos 63, e Ricardo Quaresma, aos 90+1.

A seleção das ‘quinas’ ficou-se pelos ‘quartos’, ao perder com a Alemanha por 3-2, enquanto os checos não ultrapassaram a fase de grupos, já que foi a Turquia que acompanhou Portugal no apuramento, como segunda do Grupo A.

No Europeu seguinte, em 2012, as duas seleções voltaram a encontrar-se, mas desta vez num embate a eliminar, nos quartos de final, em Varsóvia, na Polónia.

Após superar o Grupo B, com Alemanha (0-1), Dinamarca (3-2) e Países Baixos (2-1), a formação das ‘quinas’ derrotou os checos por 1-0, em 21 de junho, graças a um tento de Cristiano Ronaldo, apontado já perto do final do encontro, aos 79 minutos.

Antes destes três jogos, Portugal mediu forças em 10 ocasiões com a Checoslováquia – a República Checa é herdeira dos seus resultados -, somando três vitórias, quatro empates e três derrotas, com sete golos marcados e 11 sofridos.

O quinto encontro entre Portugal e a República Checa, da quinta jornada do Grupo A2 da Liga das Nações 2022/23, está marcado para sábado, na Fortuna Arena, em Lisboa, a partir das 19:45 (em Lisboa), com arbitragem do sérvio Srdjan Jovanovic.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

O Benfica venceu hoje na vista ao Paços de Ferreira por 2-0, em jogo antecipado da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol,...

DESPORTO

O árbitro João Pinheiro vai dirigir pela sétima vez um jogo entre Sporting e FC Porto, no sábado, na final da Taça da Liga,...

DESPORTO

O FC Porto venceu esta quarta-feira o Académico de Viseu por 3-0, na meia-final da Taça da Liga, e vai defrontar o Sporting, no...

DESPORTO

Os novos formatos para as competições de seleções masculinas, que vão entrar em vigor em setembro de 2024, foram hoje aprovados, anunciou a UEFA,...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER