Ligue-se a nós

DESPORTO

CHAVES: NÃO SÃO VALENTES, SÃO VÂNDALOS – ARTIGO DE OPINIÃO

É inenarrável o que assistimos por terras flavienses no jogo “GD Chaves x Estoril Praia”. O que realmente aconteceu naquele jogo envergonha Trás-os-Montes e os Transmontanos. Sou orgulhosamente transmontano. Somos gente de bem, afáveis, de coração quente, recebemos com alma todos aqueles que nos visitam. E não, aqueles “invasores” não são valentes, são apenas uns vândalos que nos envergonham. Este é um artigo de opinião de Vítor Fernandes, Diretor da Rádio Regional (Chaves 100.2 Fm).

Online há

em

É inenarrável o que assistimos por terras flavienses no jogo “GD Chaves x Estoril Praia”. O que realmente aconteceu naquele jogo envergonha Trás-os-Montes e os Transmontanos. Sou orgulhosamente transmontano. Somos gente de bem, afáveis, de coração quente, recebemos com alma todos aqueles que nos visitam. E não, aqueles “invasores” não são valentes, são apenas uns vândalos que nos envergonham. Este é um artigo de opinião de Vítor Fernandes, Diretor da Rádio Regional (Chaves 100.2 Fm).


Não era um jogo qualquer porque em caso de derrota o GD Chaves ficaria irremediavelmente despromovido à Segunda Liga. Era um jogo de tensão no ar quando a inevitável – em boa verdade merecida – despromoção dos “pouco ou nada” Valentes Transmontanos se aproxima.

Nesta época 2023/2024 o GD Chaves apresentou-se como um barco à deriva, sem rumo, sem projeto e sem um pingo de exigência que a liga maior do nosso futebol profissional exige. Não é o Estoril Praia a razão de todas as desgraças desportivas flavienses, é culpa própria da incapacidade que graça por aquelas bandas por longas e penosas 30 jornadas.

Todo o país viu em direto ! Todos os jornalistas viram ! Foram adeptos do GD Chaves que invadiram o terreno de jogo para tirar satisfações com atletas do Estoril Praia, o que se passou depois foi a natural “ação-reação” do mesmo pecado original.

Quando pensávamos que já tínhamos visto tudo, os comunicados e notícias que se sucederam do GD Chaves são de “bradar aos céus”.

Foi Francisco Carvalho, a face visível de uma espécie de “Monarquia Familiar” que controla negócios e negociatas de família, que vem a público, não a demarcar-se dos vândalos, mas a justificá-los, a defendê-los !

Este “Presidente” aparentemente em estado de negação vem dizer: “Quero que fique bem vincado que os adeptos do Desportivo de Chaves não foram violentos nem tentaram agredir os atletas do Estoril Praia (…) quem iniciou a violência foram os jogadores do Estoril Praia, não foram os adeptos do Desportivo de Chaves (…)  não houve violência, simplesmente foram pedir satisfações ao guarda-redes” disse ainda “Vamos ver os relatórios (…) e tentar defender os nossos [adeptos]”.

Mas se acha que já leu tudo, prepare-se, há mais: “Um adepto do Desportivo de Chaves invade o relvado e dirige-se ao guarda-redes [Marcelo Carné], que estava de costas (…) simplesmente foi lá para falar do que estava a acontecer.” disse o “Herdeiro da Monarquia” Francisco Carvalho.

Quem estava presente no estádio confirmou algumas provocações de parte a parte entre o guarda-redes do Estoril Praia e os adeptos flavienses, mas nada diferente do que acontece em outros jogos, nada fora do normal quando o guarda-redes adversário está na baliza próxima de adeptos  da casa.

A verdade é que o GD Chaves estava a perder já em tempo de compensação e a manter-se aquele resultado seriam matematicamente os últimos minutos do GD Chaves na Primeira Liga. O ambiente era tenso pelas razões que todos conhecemos e dada a proximidade física foi Marcelo Cané a primeira vítima.

Mas Francisco Carvalho diz que não ! Este Presidente de um clube da mais importante liga de futebol portuguesa considera que a “invasão” está justificada pelas “alegadas” provocações do Guarda-Redes Marcelo Cané e que a “invasão” em pleno jogo foi apenas uma “conversa” com um jogador adversário.

Confesso que fiquei com sérias dúvidas se Francisco Carvalho conhece as Leis do Jogo de Futebol.

Este discurso seria aceitável no primeiro de abril, mas neste dia 22 de abril seria de esperar que um clube sério com uma comunicação e Gestão de Crise profissional se demarcasse dos comportamentos inaceitáveis de vândalos, mas não, este Presidente em estado de negação opta por uma fuga para a frente, pelo pior dos caminhos, assumindo que vai “defender os nossos [adeptos]”, ou seja, defender vândalos !

Em Portugal e no estrageiro Chaves foi notícia pelas piores razões. Passaram a imagem de “Terceiro Mundo”. Sinto-me envergonhado.

Em situações normais o jogo seria suspenso, mas não, os atletas agredidos é que são expulsos pelo seu “crime” de legitimamente se defenderem.

Perdeu-se uma oportunidade de condenar exemplarmente a violência – ainda que não fosse favorável ao emblema flaviense – mas em vez disso lança-se numa cruzada em defender (ou justificar) o indefensável.

Os Transmontanos são conhecidos pela sua generosidade e bem receber. Não somos gente de terceiro mundo !

Francisco Carvalho, não se confunda! Não são valentes, são vândalos !

 


Por: Vítor Fernandes, Diretor da Rádio Regional.

Fonte: Vídeo VSports e Record

Publicidade

HELPO, EU CONSIGNO EU CONSIGO, IRS 2024
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: BENFICA EMPATA EM VILA DO CONDE NA DESPEDIDA DA ÉPOCA (VÍDEO)

O campeão cessante Benfica despediu-se hoje da temporada 2023/24 com um empate 1-1 na visita ao terreno do Rio Ave, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Online há

em

O campeão cessante Benfica despediu-se hoje da temporada 2023/24 com um empate 1-1 na visita ao terreno do Rio Ave, em jogo da 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O turco Kokçu adiantou os ‘encarnados’, aos 32 minutos, mas, já em tempo de compensação, os vila-condenses chegaram à igualdade, numa grande penalidade convertida por Costinha, aos 90+3.

Já com o segundo posto garantido, o Benfica fechou a I Liga com 80 pontos, provisoriamente a sete do líder e já campeão Sporting, que no sábado recebe o lanterna-vermelha Desportivo de Chaves, enquanto o Rio Ave confirmou o estatuto de equipa com mais empates na competição (19) e encerrou o campeonato com 37 pontos, por enquanto na 11.ª posição.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS

DESPORTO

BOAVISTA FC: DEPOIS DO “CONTROLO SALARIAL” UM NOVO PEDIDO DE INSOLVÊNCIA

A sangria de processos executivos e pedidos de insolvência de pessoa coletiva parece não ter fim à vista. Depois do “Controlo Salarial” relativo aos meses de Março e Abril, funcionários (inclui atletas e/ou treinadores) avançam com novos pedidos de Insolvência de Pessoa Coletiva.

Online há

em

A sangria de processos executivos e pedidos de insolvência de pessoa coletiva parece não ter fim à vista. Depois do “Controlo Salarial” relativo aos meses de março e abril, funcionários (inclui atletas e/ou treinadores) avançam com novos pedidos de Insolvência de Pessoa Coletiva.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (Liga) considerou regularizadas as obrigações salariais relativas aos meses de Março e Abril de 2024 após – também em abril – ter dado entrada na justiça de mais um Processo Especial de Revitalização por incumprimento e/ou insolvência iminente perante mais de 50 credores, nomeadamente e precisamente funcionários (inclui atletas e/ou treinadores).


COMO FUNCIONA O CONTROLO SALARIAL DOS CLUBES ?

O Controlo Salarial está previsto no Artigo 78-A do Regulamento das Competições Profissionais. Periodicamente os clubes estão obrigados a demonstrar a inexistência de dívidas correspondentes a retribuições-base e compensações mensais a jogadores e treinadores com contrato de trabalho ou formação.

Este controlo ocorre em três momentos:

  • Até 15 de setembro relativo aos salários de maio a agosto.
  • Até 15 de dezembro relativo aos salários de setembro a novembro.
  • Até 15 de março relativo aos salários de dezembro a fevereiro.
  • Até 15 de maio relativo aos salários de março e abril.

A demonstração do cumprimento de obrigações salariais é efetuada através de declaração do próprio clube que o ateste, subscrita pelos legais representantes e certificada por ROC ou SROC, contendo uma relação discriminada dos jogadores e treinadores a que respeita.

A demonstração do cumprimento de obrigações salariais também pode ser efetuada por via de simples acordos de pagamento entre clube e credor (funcionário, atleta ou treinador), ou seja, ainda que existam dívidas salariais pode o clube e credor chegar a um acordo de pagamento, cabendo apenas aos Tribunais a competência executiva do cumprimento desses acordos.


SINDICATO DOS JOGADORES ALERTA

No passado dia 10 de maio o Sindicato dos Jogadores alertou para as práticas irregulares a que os atletas estão sujeitos sempre que um determinado clube pretende fazer prova da regularização salarial.

O Sindicato dos Jogadores alerta os futebolistas para que procurem aconselhamento jurídico, se forem abordados para a assinatura de documentos que traduzam a confirmação de pagamentos não recebidos ou acordo para o adiamento do pagamento dos créditos laborais vencidos” pode ler-se no comunicado do Sindicato dos Jogadores.

Joaquim Evangelista, Presidente do Sindicato dos Jogadores, tem tido uma voz ativa na defesa dos direitos dos atletas. Em finais de 2023 tomou posição publica ao pedir uma “resposta à altura das exigências” especificamente em relação aos clubes incumpridores, nomeadamente Boavista, Leixões e Lank Vilaverdense após falharem mais que uma vez o controlo das obrigações salariais.

Vítor Fernandes


VEJA AINDA:

BOAVISTA FC: DEPOIS DO “CONTROLO SALARIAL” UM NOVO PEDIDO DE INSOLVÊNCIA

BOAVISTA EM INCUMPRIMENTO ARRISCA INSOLVÊNCIA E EXCLUSÃO DA LIGA – INVESTIGAÇÃO

BOAVISTA: ASSEMBLEIA GERAL ELEGE FARY FAYE PRESIDENTE

BOAVISTA EM RISCO DE EXCLUSÃO DA PRIMEIRA LIGA – CHAVES E VIZELA ATENTOS

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
LINHA CANCRO

DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL

MAIS LIDAS