LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

ECONOMIA & FINANÇAS

INFLAÇÃO NO ORÇAMENTO FAMILIAR IRÁ CONTRIBUIR PARA DESACELERAR CRESCIMENTO

Os balanços das famílias serão pressionados pelo aumento dos custos de empréstimos e contas de energia elevadas, contribuindo para desacelerar o crescimento económico, prevê a DBRS, num comentário divulgado hoje.

blank

Os balanços das famílias serão pressionados pelo aumento dos custos de empréstimos e contas de energia elevadas, contribuindo para desacelerar o crescimento económico, prevê a DBRS, num comentário divulgado hoje.

Num comentário sobre como a inflação elevada e a subida dos juros testa a resiliência dos consumidores da zona euro, a agência de notação financeira DBRS assinala que o impacto combinado de um rápido aumento das taxas de juros a partir de níveis extremamente baixos e inflação elevada está a testar as finanças do consumidor na zona euro.

“Os balanços das famílias serão pressionados pelo aumento dos custos de empréstimos e contas de energia elevadas, contribuindo para desacelerar o crescimento económico”, disse Arnaud Journois, vice-presidente de Instituições Financeiras Europeias, citado em comunicado.

De acordo com a DBRS, a covid-19 interrompeu a tendência de desalavancagem do consumidor na zona euro, que, no entanto, começou a reverter no terceiro trimestre de 2020, à medida que o crescimento dos rendimentos recuperou.

A agência destaca que os salários voltaram a crescer após a pandemia, mas tal apenas compensou parcialmente as pressões inflacionistas e atualmente a taxa de poupança está a regressar aos níveis pré-pandemia.

A DBRS prevê ainda que o desemprego volte a subir, vendo o mercado de trabalho da zona euro como resiliente.

Carlo Capuano, vice-presidente sénior da DBRS, acrescentou que, “no entanto, as melhorias anteriores na desalavancagem da dívida, as economias acumuladas durante a pandemia e um mercado de trabalho até agora resiliente irão mitigar o impacto do menor poder de compra”.

“Além disso, uma quantidade considerável de ativos líquidos irá amortecer até certo ponto o impacto do aumento do custo de vida à medida que o crescimento dos salários reais se tornar negativo”, indica.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ECONOMIA & FINANÇAS

A associação Cáritas já começou a receber pedidos de ajuda de pessoas que não conseguem pagar os seus empréstimos para habitação devido à subida...

ECONOMIA & FINANÇAS

O PSD conseguiu hoje fazer aprovar uma alteração ao orçamento que permite às famílias abater ao IRS parte dos gastos com assinaturas periódicas de...

ECONOMIA & FINANÇAS

O Governo apresentou hoje aos parceiros sociais uma medida que vai permitir conciliar uma parte do subsídio de desemprego com salário para desempregados de...

ECONOMIA & FINANÇAS

A EDP Comercial anunciou hoje que vai aumentar em cerca de 3%, em média, o valor da fatura da eletricidade dos clientes residenciais, a...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER