Ligue-se a nós

DESPORTO

BENFICA X CASA PIA: ANÁLISE DE JOSÉ AUGUSTO SANTOS

O Benfica com Roger Schmidt na fase de maior pressão da “nação benfiquista”, desde que é treinador do clube, recorreu ao modelo e jogadores da época passada, mas o momento psicológico é substancialmente diferente e há que reconhecer que Juan Bernat e Arthur Cabral ainda estão longe do rendimento e influência de Grimaldo e Gonçalo Ramos que eram determinantes na dinâmica e na eficácia da equipa, na época passada, basta relembrar os inúmeros jogos que ambos resolveram com os seus golos.

Online há

em

O Benfica com Roger Schmidt na fase de maior pressão da “nação benfiquista”, desde que é treinador do clube, recorreu ao modelo e jogadores da época passada, mas o momento psicológico é substancialmente diferente e há que reconhecer que Juan Bernat e Arthur Cabral ainda estão longe do rendimento e influência de Grimaldo e Gonçalo Ramos que eram determinantes na dinâmica e na eficácia da equipa, na época passada, basta relembrar os inúmeros jogos que ambos resolveram com os seus golos.

O Benfica dominou toda a primeira parte nomeadamente a partir dos 30 minutos fase em que aumentou a velocidade de circulação e conseguiu marcar. Até aos 30 minutos foi lento previsível e a revelar os mesmos problemas de ligação ofensiva que revelou nos últimos jogos, com Arthur Cabral a demonstrar que ainda tem um caminho a percorrer para criar os automatismos com Rafa, Neres e João Mário que existiam na época passada com Gonçalo Ramos. Ainda fez um remate com algum perigo que Ricardo Batista, sempre muito seguro, defendeu bem, mas foi sempre bem controlado pelo trio de centrais do Casa Pia com destaque para a excelente exibição de Varela, experiente e muito forte nos posicionamentos e tempo de entrada.

O Casa Pia muito bem organizado na sua estrutura tática 1-5-2-3, procurou defender bem com os laterais a baixar para a linha dos 3 centrais e foi sem grande dificuldade impedindo os jogadores do araque do Benfica de criarem oportunidades para marcar. Não conseguiu sair em transição com a ligação e critério que queria apesar do bom desempenho de Jajá que parece ser um bom substituto daquele que eu considerava o jogador mais perigoso, no modelo em que atua a equipa casapiana, que era Godwin, transferido para a Arábia Saudita. Só o grande remate de João Mário, indefensável, disfarçou o mau momento coletivo da equipa.

O Benfica foi penalizado com a perda de 2 pontos pela má abordagem desde o início da segunda parte até o Casa Pia marcar o golo do empate, pela apatia, pouca intensidade e agressividade defensiva e pela desinspiração ofensiva dos seus jogadores mais criativos. Com 4 jogadores com pouca vocação tática no processo defensivo (João Mário, Neres, Rafa e Arthur Cabral) e apesar de Florentino (foi pena o erro na falta que originou o penalti) e João Neves terem feito um bom jogo, o Casa Pia foi ameaçando e os seus jogadores começaram a acreditar que era possível empatar. Felippe Cardoso não conseguiu desviar um excelente cruzamento de Larrazabal e depois desperdiçou uma grande penalidade permitindo a Trubin fazer uma boa defesa e tornar-se desde os tempos de Bento o único guarda-redes a defender 2 penaltis seguidos na mesma época. Mesmo depois desse sério aviso a equipa benfiquista não reagiu, continuou apática a não conseguir criar oportunidades para marcar e foi com naturalidade que o Casa Pia empatou, numa transição de Larrazabal que de ângulo pouco favorável conseguiu marcar fazendo passar a bola por entre as pernas de Anatoliy Trubin que teve claras responsabilidades no golo.

O Benfica reagiu, Roger Schmidt já tinha introduzido Di Maria aos 63 minutos, que entrou bem, com um bom remate, mas depois não conseguiu ser influente, Jurásek, muita vontade, mas pouco esclarecido na tomada de decisão e Tengstedt que não fez esquecer Musa e trocou em desespero e demasiado tarde, João Mário por Gonçalo Guedes. Fez um forcing final na tentativa de marcar o 2º golo, com uma dinâmica mais forte, enviou por Florentino uma bola à barra e por António Silva uma bola ao poste e poderia até ter conseguido vencer o que seria injusto atendendo ao que não fez na maior parte do tempo e ao bom jogo do Casa Pia.

Bernat, fora de forma, lento e pouco confiante a projetar-se para o apoio ofensivo e Jurásek, não tem a dinâmica e a qualidade de Grimaldo que era extremamente influente nas transições, ataque organizado e bolas paradas, na época passada e Arthur Cabral nunca terá a classe de Gonçalo Ramos, apesar de poder ser útil à equipa benfiquista no decorrer da época quando melhorar os seus índices de confiança e entrosamento com os colegas. É um problema para a equipa técnica benfiquista resolver, para além de Bah não ter concorrência. Aursnes tem limitações quando atua como defesa direito, bem demonstradas no jogo de hoje.

No Casa Pia, Jajá não sendo Godwin pode ser muito útil à equipa lisboeta para resolver alguns problemas ofensivos que a equipa tem revelado nos últimos jogos.

Bom jogo de Ricardo Batista, Larrazabal, Jajá e Fernando Varela, o melhor em campo.

Trubin no melhor e no pior António Silva. Otamendi fizeram boa exibição, mas o melhor benfiquista foi o jovem João Neves.

Claúdio Pereira (árbitro)  manteve o critério na possível falta de António Silva sobre Felipe Cardoso que resultou no “golaço” de João Mário e no ligeiro empurrão na área do Casa Pia a Tengstedt. Assinalou bem o penalti de Florentino sobre Jajá e anulou bem o golo a António Silva


José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

Advertisement

HELPO, EU CONSIGNO EU CONSIGO, IRS 2024
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

EVANILSON SUSPENSO DOIS JOGOS POR “AGRESSÃO” A JOGADOR DO FAMALICÃO

O avançado Evanilson, do FC Porto, foi suspenso por dois jogos, por “conduta violenta” no encontro com o Famalicão (2-2), revelou esta quinta-feira o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Online há

em

O avançado Evanilson, do FC Porto, foi suspenso por dois jogos, por “conduta violenta” no encontro com o Famalicão (2-2), revelou esta quinta-feira o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

De acordo com o mapa de castigos do CD, o ponta de lança brasileiro foi “culpado de conduta violenta”, uma vez que “agrediu um jogador adversário com uma cabeçada na cara”.

O brasileiro, de 24 anos, agrediu o albanês Enea Mihaj e recebeu o cartão vermelho direto, aos 90+3 minutos, no Estádio do Dragão, para a 29.ª jornada da I Liga, e só deverá voltar a ser opção para o treinador Sérgio Conceição na receção ao Sporting, em 28 de abril.

Além dos dois jogos de suspensão, terá de pagar uma multa de 1.020 euros.

Depois de ter estado de fora da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, que os ‘dragões’ venceram por 3-1, Evanilson vai também estar ausente do desafio com o Casa Pia, em Rio Maior, da 30.ª jornada.

Esta foi a nona expulsão da época no campeonato para o FC Porto, que lidera ‘isolado’ esta estatística.

LER MAIS

DESPORTO

LIGA EUROPA: BENFICA ELIMINADO PELO MARSELHA NOS PENÁLTIS

O Benfica foi hoje eliminado nos quartos de final da Liga Europa em futebol, ao perder com os franceses do Marselha por 4-2, no desempate por penáltis, no Estádio Vélodrome.

Online há

em

O Benfica foi hoje eliminado nos quartos de final da Liga Europa em futebol, ao perder com os franceses do Marselha por 4-2, no desempate por penáltis, no Estádio Vélodrome.

Depois do triunfo por 2-1 na Luz, os gauleses venceram por 1-0, com um tento de Faris Moumbagna, aos 79 minutos, igualando a eliminatória, e, nas grandes penalidades, marcaram as quatro de que dispuseram, enquanto Di María e António Silva falharam.

Nas meias-finais, em 02 e 09 de maio, com primeiro jogo em casa, o Marselha vai defrontar a Atalanta, que, depois de ter eliminado o Sporting nos ‘oitavos’, eliminou o Liverpool nos ‘quartos’, ao perder hoje por 1-0 em casa, após o triunfo por 3-0 em Anfield.

LER MAIS
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
LINHA CANCRO

DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL

MAIS LIDAS