Ligue-se a nós

DESPORTO

BOAVISTA FC NA LISTAGEM DOS MAIORES DEVEDORES DE IMPOSTOS – INVESTIGAÇÃO

O Boavista Futebol Clube – Clube e SAD – arriscam ora insolvência ora exclusão das Competições Profissionais da Liga. Uma rigorosa investigação jornalística da Rádio Regional tem revelado o lado mais sombrio do emblema da Pantera. O cerco aperta, e depois da festa regressamos à realidade que promete cenas dos próximos capítulos.

Online há

em

Na fotografia Gérard Lopez (acionista maioritário do BFC) e Fary Fye (novo Presidente da Direcção).

O Boavista Futebol Clube – Clube e SAD – arriscam ora insolvência ora exclusão das Competições Profissionais da Liga. Uma rigorosa investigação jornalística da Rádio Regional tem revelado o lado mais sombrio do emblema da Pantera. O cerco aperta, e depois da festa regressamos à realidade que promete cenas dos próximos capítulos.


A INVESTIGAÇÃO – PUBLICAÇÕES ANTERIORES:

BOAVISTA EM INCUMPRIMENTO ARRISCA INSOLVÊNCIA E EXCLUSÃO DA LIGA 

BOAVISTA FC: DEPOIS DO “CONTROLO SALARIAL” UM NOVO PEDIDO DE INSOLVÊNCIA


DA “MANUTENÇÃO” À REALIDADE:

A “propaganda” fez o seu trabalho e um VAR “atento” devolveu a manutenção às Panteras no último segundo, mas a verdade é que com ou sem “verificação de salários” o Boavista FC – Clube e SAD – são devedores à Autoridade Tributária e à Segurança Social, tal como a investigação da Rádio Regional revelou.

O Boavista FC (Clube) que dia 29-04-2024 se apresentou a Processo Especial de Revitalização (PER) tem na sua longa lista de credores credores a Autoridade Tributária, Segurança Social, Empresas Municipais, Associação de Andebol do Porto, Parvaloren (BPN), Somague, GoldEnergy, EDP Serviço Universal, Águas do Porto e várias empresas/fornecedores e ex-funcionários.

Sobre o PER fonte da Segurança Social adiantou à Rádio Regional no passado dia 16 de maio “nesta fase processual e até homologação [do plano de revitalização] o devedor mantém-se em incumprimento“, ou seja, à data de hoje [16 de maio] o BFC continua formalmente em incumprimento.

A Segurança Social é credora do BFC. Sobre a regularização de dívidas prometida por Fary “Sem prejuízo de outras diligências processuais e executivas, pode o devedor a qualquer momento promover o pagamento voluntário das quantias em dívida, não podemos afirmar que não estejam em curso diligências nesse sentido, mas neste dia [16] a entidade em causa [BFC] não tem formalmente a sua situação regularizada” garantiu fonte da Segurança Social.

No passado dia 9 de maio o tribunal nomeou a Administradora Judicial Provisória, Maria Clarisse da Silva Barros, com todo “direito de acesso à sede e às instalações empresariais da empresa e de proceder a quaisquer inspeções e a exames, designadamente dos elementos da sua contabilidade. A empresa [BFC] fica obrigada a fornecer-lhe todas as informações necessárias ao desempenho das suas funções” pode ler-se no despacho assinado por Juiz de Direito a que a Rádio Regional teve acesso.

EM SUMA, O BFC (CLUBE) JÁ NÃO DEPENDE DE SI, MAS DAQUILO QUE OS CREDORES VENHAM A DECIDIR, ENTRE OS QUAIS EX-TRABALHADORES, AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E A SEGURANÇA SOCIAL.

O Boavista FC (SAD) que também já passou por um PER em 2018 foi recentemente alvo de nove pedidos de insolvência por parte de credores (o último a 16 de maio) entre os quais trabalhadores (inclui atletas e/ou treinadores). A Rádio Regional pediu esclarecimentos ao BFC (Clube e SAD) “vamos cumprir com todas as exigências do Licenciamento de Competições Profissionais da Liga Portugal” assegurou o clube no passado dia 16 de maio.

A investigação da Rádio Regional apurou que até 16 de maio o BFC, Clube e SAD, não cumpriam com alguns dos Critérios Financeiros exigíveis aos clubes no Manual de Licenciamento das Competições Profissionais 2024/2025, nomeadamente a inexistência de dívidas ao Estado (Segurança Social e/ou Autoridade Tributária), um Critério Financeiro que não tem uma relação direta com a “Verificação de Salários de Março e Abril”.


O (IN)CUMPRIMENTO DOS CRITÉRIOS DA LIGA:

O Manual de Licenciamento das Competições Profissionais 2024/2025 define um conjunto de “critérios” exigíveis aos clubes que cumprindo outros critérios desportivos possam inscrever-se nas Competições Profissionais. Mereceu a nossa atenção jornalística a investigação ao cumprimento dos Critérios Financeiros que se dividem por duas fases:

  • Documentação exigida na FASE 1 deve ser entregue até 31 de março de 2024.
  • Documentação exigida na FASE 2 deve ser entregue até 15 de maio de 2024.

Em ambas as fases, os clubes estão obrigados a fazer prova da inexistência de dívidas a funcionários (inclui atletas e treinadores), a outras Sociedades Desportivas e ao Estado (Autoridade Tributária e/ou Segurança Social).

Os clubes estão ainda obrigados à exibição das respetivas “Certidões comprovativas da regularidade da situação contributiva da CANDIDATA, quer perante a Autoridade Tributária, quer perante a Segurança Social” tal como se pode ler na página 31 a 38 do respetivo Manual de Licenciamento.

Parece inequívoco que o regulamento determina que até dia 15 de maio o BFC deveria fazer prova, entre outras obrigações, da inexistência de dívidas à Segurança Social e Autoridade Tributária.

A INVESTIGAÇÃO DA RÁDIO REGIONAL APUROU QUE PELO MENOS DIA 21 DE MAIO (ONTEM) AINDA SE MANTINHAM MAIS DE 5 MILHÕES DE EUROS EM DÍVIDA À AUTORIDADE TRIBUTÁRIA, COLOCANDO O BOAVISTA NA LISTA DOS MAIORES DEVEDORES DE IMPOSTOS DE PORTUGAL.

A Rádio Regional questionou a Autoridade Tributária sobre a inclusão de contribuintes na Listagem de Devedores “A decisão de inclusão de todos os contribuintes que figurem nas presentes listas de devedores foi precedida das medidas cautelares necessárias à garantia do rigor da informação prestada, em que avultaram a certificação das dívidas e a audição prévia sobre os pressupostos dessa inclusão.” esclareceu.

O titular dos dados pode exercer os seus direitos de acesso, retificação (nomeadamente do seu posicionamento nas listas), eliminação ou limitação do tratamento, se entender que a sua inclusão foi indevida, designadamente por inexistência das dívidas, declaração de prescrição ou prestação de garantia em virtude de processo de reclamação graciosa, impugnação judicial e oposição à execução fiscal, além de pagamento a prestações legalmente autorizado, para o que poderá requerer e obter a todo o tempo a imediata eliminação do seu nome das referidas listas.” esclareceu a Autoridade Tributária, remetendo para informação disponibilizada no Portal das Finanças.


E AGORA ?

Os clubes estão ainda obrigados à exibição das respetivas “Certidões comprovativas da regularidade da situação contributiva da CANDIDATA, quer perante a Autoridade Tributária, quer perante a Segurança Social” até ao dia 15 de maio, tal como se pode ler da página 31 à 38 do respetivo Manual de Licenciamento.

Até 03 de junho poderão os clubes suprir eventuais deficiências relativas à documentação exigida nos prazos estipulados.

A Liga pronuncia-se até 28 de junho sobre os clubes admitidos nas Competições Profissionais, podendo os visados recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto em caso de diferendo.

Porém os especialistas em Direito Desportivo dividem-se quanto à “supressão” de eventuais deficiências mas todos concordam, o BFC está agora com um pé fora da Primeira Liga.

Os advogados com quem a Rádio Regional falou consideram por unanimidade que até 3 de junho os clubes podem suprir deficiências relativas à documentação exigida em sede de inscrição dos “clubes candidatos” até 15 de maio, porém, divergem quanto aos limites das deficiências nomeadamente “no que toca à prova de inexistência de dívidas ao estado [Autoridade Tributária e Segurança Social] as certidões devem estar dentro prazo de validade e emitidas com data igual ou anterior a 15 de maio (…) ainda que tais certidões venham a ser juntas no prazo excecional até 3 de junho” esclarecem.

Confrontado com estes novos factos, o Boavista recusou-se a qualquer comentário e/ou esclarecimento.


Vítor Fernandes

Publicidade

HELPO, EU CONSIGNO EU CONSIGO, IRS 2024
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

EURO 2024: PORTUGAL NA “MÁXIMA FORÇA” APÓS FASE DE GRUPOS

O selecionador Roberto Martínez afirmou hoje que Portugal está preparado para o arranque do Euro2024 de futebol, na terça-feira, frente à República Checa, mas só irá alcançar a sua “máxima força” após a fase de grupos.

Online há

em

O selecionador Roberto Martínez afirmou hoje que Portugal está preparado para o arranque do Euro2024 de futebol, na terça-feira, frente à República Checa, mas só irá alcançar a sua “máxima força” após a fase de grupos.

“A preparação foi muito boa. Todos os jogadores estão aptos. Todos tiveram minutos na fase de preparação. Mesmo os jogadores que tínhamos algumas dúvidas estão perfeitamente em condições físicas para jogar. A equipa está preparada, mas ainda não está no máximo nível. Isso só chega depois dos três jogos de fase de grupos”, afirmou Roberto Martínez.

O selecionador português falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antecipação do duelo com os checos, em Leipzig, na Alemanha, país que está a organizar o torneio.

“Precisamos de acreditar e sonhar. Se não sonhamos, é difícil ter sucesso. Mas, também temos de ter responsabilidade e jogar bem. O jogo de amanhã [terça-feira] será o momento perfeito para mostrar que estamos preparados”, acrescentou.

Martínez resolveu apelidar a seleção portuguesa que vai participar no Euro2024 como os ‘apaixonados’, devido à “paixão” que os jogadores têm demonstrado nos jogos e nos treinos, e voltou a apontar o desaire com a Croácia (2-1), num particular antes de viajar para a Alemanha, como um ponto importante no crescimento da equipa.

“Nesse jogo, passámos por adversidades que ainda não tinham acontecido. Sofremos pela primeira vez um golo na primeira parte, nos primeiros minutos. Foi importante passar por isso”, explicou.

O técnico espanhol, que se prepara para viver o seu segundo Campeonato da Europa, depois de ter liderado a Bélgica no Euro2020, anunciou ‘apenas’ a titularidade de Diogo Costa na baliza, deixando as ‘surpresas’ para terça-feira, e abordou a presença de Cristiano Ronaldo, naquela que vai a sexta presença em Europeus do capitão.

“Ronaldo e Pepe sãos jogadores mais velhos da prova. Por isso, não há mais nenhum balneário como o de Portugal, com a experiência desses dois jogadores. É algo único. E, o Cristiano vai fazer mais um Europeu por causa do seu mérito e não por causa do seu nome. Marcou 51 golos em 50 jogos no seu clube”, referiu.

Sobre o encontro com a República Checa, Martínez explicou que o rival da primeira jornada do Grupo F é uma equipa que pressiona alto e que gosta de atacar.

“A República Checa tem um estilo bem claro. Um estilo de pressão alta, de arriscar. Têm jogadores que querem marcar golos. A experiência do Soucek, do Schick. São jogadores que têm ideias claras. É uma equipa que joga para ganhar, gosta de correr riscos e acho que vai ser um jogo fantástico para os adeptos neutros”, concluiu.

O encontro está agendado para as 21:00 locais (20:00 horas de Lisboa), na Red Bull Arena, e terá arbitragem do italiano Marco Guida.

Além dos checos, no agrupamento, Portugal defronta ainda a Turquia (22 de junho, em Dortmund) e a Geórgia (26, em Gelsenkirchen).

LER MAIS

DESPORTO

BOAVISTA FC: O CLUBE PORTUGUÊS “CAMPEÃO” DA “LISTA NEGRA” DA FIFA

O Boavista Futebol Clube (BFC) atravessa um dos momentos mais difíceis da sua longa e respeitável história. A FIFA não ficou de braços cruzados, e de acordo com os regulamentos internacionais, colocou o Boavista na “Lista Negra” dos clubes que estão impedidos de inscrever jogadores. No âmbito de uma investigação jornalística a Rádio Regional vai esclarecer o que são estes “bloqueios” e porque razão impedem o Boavista de inscrever novos jogadores.

Online há

em

O Boavista Futebol Clube (BFC) atravessa um dos momentos mais difíceis da sua longa e respeitável história. A tempestade chegou à FIFA que promete impedir os boavisteiros de inscrever novos jogadores. “Feitos de Xadrez” dizem eles no seu grito de guerra, mas, tão negro quanto o xadrez parece ser o futuro desportivo da Pantera.

A FIFA não ficou de braços cruzados, e de acordo com os regulamentos internacionais, colocou o Boavista na “Lista Negra” dos clubes que estão impedidos de inscrever jogadores. No âmbito de uma investigação jornalística a Rádio Regional vai esclarecer o que são estes “bloqueios” e porque razão impedem o Boavista de inscrever novos jogadores.

Clube e SAD vivem de PER em PER numa chuva de dívidas a fornecedores e trabalhadores (incluindo atletas e/ou treinadores), pedidos de insolvência e ao Estado (Autoridade Tributária e Segurança Social).

Ainda de acordo com os regulamentos das competições profissionais portuguesas, o Boavista FC (SAD) tinha até ao passado dia 15 de maio, eventualmente extensível até 03 de junho, para demonstrar a inexistência de dívidas à Segurança Social e Autoridade Tributária e atletas e/ou treinadores, mas, a Rádio Regional sabe de fonte segura que pelo menos no passado dia 14 de junho tanto a SAD como o Clube continuavam devedores ao Estado (AT e SS) em valores somados que ascendem a mais de 25 milhões de euros.

Na reportagem anterior a Rádio Regional deu conta da insatisfação de credores do Boavista SAD que estarão alegadamente ser pagos a “dinheiro vivo” contra assinatura de uma declaração de recebimento sem indicação do método de pagamento. Os credores em questão que pediram anonimado queixam-se da “ilegalidade destes pagamentos acima do montante permitido por lei” fornecendo à Rádio Regional provas fotografias dos factos que denunciaram.


A INVESTIGAÇÃO JORNALÍSTICA – VEJA AINDA:

BOAVISTA FC: JUSTIÇA E TRANSPARÊNCIA “A LIGA NÃO PODE IGNORAR” – CONSTANTIN PANAGOPOULOS

BOAVISTA FC: JAIME PACHECO E OUTROS TRABALHADORES PENHORAM A “PANTERA”

BOAVISTA FC NA LISTAGEM DOS MAIORES DEVEDORES DE IMPOSTOS

BOAVISTA FC: DEPOIS DO “CONTROLO SALARIAL” UM NOVO PEDIDO DE INSOLVÊNCIA

BOAVISTA EM INCUMPRIMENTO ARRISCA INSOLVÊNCIA E EXCLUSÃO DA LIGA


OS INCUMPRIMENTOS JÁ CHEGARAM À FIFA

Os incumprimentos boavisteiros já chegaram à Federação Internacional de Futebol (FIFA) liderada por Gianni Infantino. Esta organização internacional composta por 211 Federações Desportivas (entre as quais a FPF de Portugal) tutela o futebol a nível mundial.

A FIFA dispõe de uma Plataforma Eletrónica onde publica todos os bloqueios aos clubes ditos “incumpridores”. Segundo a FIFA o objetivo desta Plataforma Eletrónica é “promover a transparência e manter a divulgação completa em relação às atividades dos órgãos judiciais da FIFA (…) a FIFA lançou uma ferramenta digital que lista os clubes sujeitos a proibições de registo” pode ler-se num comunicado da FIFA aquando do lançamento da plataforma em 11 de janeiro de 2024  .

Os especialistas do futebol consideram esta plataforma como uma “lista negra” de clubes incumpridores com atletas, ou seja, um “mural da vergonha” que nenhum clube desejará fazer parte. Também os países ficam mal na fotografia dizem os especialistas.

A FIFA vai mais longe e esclarece “Uma vez imposta a proibição de registo, o clube em causa ficará impedido de registar novos jogadores, quer a nível nacional quer internacional e seja como amadores ou como profissionais, durante todo o período de vigência da medida. O clube, portanto, só poderá inscrever novos jogadores novamente após cumprir a proibição na sua totalidade ou no caso de a proibição ser levantada pela administração da FIFA“.

A Rádio Regional acedeu à Plataforma Eletrónica da FIFA e verificou a existência de 46 bloqueios a clubes portugueses, dos quais 13 mantêm-se ativos com a designação “Until Lifted”. Os 46 bloqueios registados a clubes portugueses, 32 são referentes ao Boavista Futebol Clube, dos quais nove bloqueios continuam ativos.

Nove dos 13 bloqueios ativos a clubes Portugueses resultam de incumprimentos do Boavista FC. Há ainda a registar um bloqueio ativo ao CD Santa Clara e três ao Desportivo das Aves (clube extinto). Em uma, o Boavista FC é o “campeão” dos  bloqueios da FIFA, e deste modo não poderá inscrever jogadores.

Os especialistas em Direito Desportivo esclarecem “no entanto que o Boavista FC pode comprar ou vender atletas, como alegadamente terá feito com Bruninho, mas não os poderá inscrever e consequentemente também não os poderá utilizar até que a FIFA levante todos os bloqueios ativos“.

A Rádio Regional publica aqui a Listagem obtida na Plataforma Eletrónica da FIFA e atualizada diariamente. Esta listagem é referente ao dia 14 de Junho:

Listagem da FIFA referente a bloqueios ao Boavista FC. Na totalidade 32 bloqueios, destes nove ativos que impedem a inscrição de novos atletas em todas as competições.

O Boavista FC convidado para exercer o contraditório, recusou a qualquer esclarecimento ou informação adicional.


Vítor Fernandes

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
LINHA CANCRO

DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL

MAIS LIDAS