LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

NACIONAL

GOVERNO VAI AUMENTAR COMPARTICIPAÇÃO AOS COLÉGIOS DE ENSINO ESPECIAL

O Governo vai rever o valor da comparticipação paga pelo Ministério da Educação aos colégios de ensino especial, disse hoje o ministro João Costa, antecipando uma “valorização significativa”, mas sem retroativos.

blank

O Governo vai rever o valor da comparticipação paga pelo Ministério da Educação aos colégios de ensino especial, disse hoje o ministro João Costa, antecipando uma “valorização significativa”, mas sem retroativos.

“Vamos iniciar com os representantes dos colégios de educação especial e com os centros de recurso para a inclusão uma atualização dos valores”, afirmou o ministro da Educação, em resposta a uma questão da deputada do PAN, Inês de Sousa Real.

Segundo o ministro da Educação, que está a ser ouvido no parlamento no âmbito da apreciação em especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023, não está, no entanto, previsto o pagamento de retroativos.

“Não temos a expectativa de retroação ao início do ano letivo, mas temos a expectativa de uma valorização significativa da comparticipação por aluno”, antecipou.

O valor da comparticipação pago pelo Ministério da Educação aos colégios de educação especial e com os centros de recurso para a inclusão não é atualizado desde 2008, com algumas das cinco instituições atualmente em funcionamento devido ao aumento dos cursos.

Uma dessas escolas, o Colégio Eduardo Claparède, em Lisboa, com cerca de 80 alunos, já antecipou o seu encerramento até ao final do ano letivo, sustentando que o valor atualmente pago (511 euros por aluno) não permite manter os mesmos serviços.

Há cerca de dois anos, também num debate parlamentar sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2021, João Costa já tinha afirmado que a revisão da portaria que regula o financiamento dos colégios de ensino especial era um compromisso do Governo.

Na altura, o então secretário de Estado Adjunto e da Educação disse que, apesar do compromisso, o trabalho implica cautela e uma discussão aprofundada, pela sua complexidade, argumentando que uma atualização apressada das tabelas poderia coloca-los numa situação financeira ainda pior.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

NACIONAL

A Federação Nacional dos Professores vai emitir um pré-aviso de greve para o próximo dia 18, data da greve geral dos trabalhadores da administração...

CIÊNCIA & TECNOLOGIA

O Sindicato Nacional do Ensino Superior (SNESup) anunciou hoje ter emitido um pré-aviso de greve para 18 de novembro, abrangendo todos os profissionais do...

NACIONAL

A adesão à greve dos professores, em protesto contra o que consideram uma falta de investimento do Governo na educação, estava hoje às 09:30...

NACIONAL

Os professores realizam hoje uma greve nacional contra o Orçamento do Estado para 2023 e o que consideram ser a falta de investimento na...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER