Ligue-se a nós

DESPORTO

RÚBEN AMORIM ESCLARECE QUE “ADIAMENTO EM FAMALICÃO NÃO MUDA NADA”

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, disse hoje que o adiamento do encontro com o Famalicão, no sábado, da I Liga portuguesa de futebol, “não muda nada” para os ‘leões’, apesar de estarem, agora, em segundo lugar.

Online há

em

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, disse hoje que o adiamento do encontro com o Famalicão, no sábado, da I Liga portuguesa de futebol, “não muda nada” para os ‘leões’, apesar de estarem, agora, em segundo lugar.

O encontro não se realizou por falta de policiamento no Estádio Municipal de Famalicão e não tem ainda data marcada, devido às dificuldades de calendário para reagendar a partida por parte dos ‘leões’, que viram o Benfica passar para primeiro lugar após vencer o seu encontro da 20.ª jornada, mas o técnico chega a ver nisso “uma vantagem”.

“Não muda nada. Depende da perspetiva e vou falar de mim. Na minha cabeça, estamos a dois pontos do primeiro classificado. Queremos manter a nossa posição, é como se o jogo não tivesse existido e depois lidaremos jogo a jogo e faremos as contas no fim”, começou por dizer Rúben Amorim, em conferência de imprensa, na Academia Sporting, em Alcochete.

Mais tarde, explicou que os ‘leões’ só dependem de si, no sentido em que têm de “ganhar todos os jogos”, e insistiu que tudo depende da forma como se olha “não só para esses problemas, como para a vida”.

“Na minha cabeça, nós queremos ganhar o campeonato e temos dois pontos de atraso. Na minha cabeça, torna-se uma vantagem, porque nós queremos ir atrás do primeiro lugar, mesmo com um jogo a menos. Este jogo a menos, na minha cabeça, não existe”, reiterou.

Advertisement

Sobre as dificuldades para reagendar o encontro, devido à falta de disponibilidade de calendário do Sporting, Amorim expressou o desejo de “que seja bem mais para a frente”, uma vez que isso “é sinal” de que os ‘leões’ estão “nas competições todas”.

Por outro lado, rejeitou a ideia de que a ação de protesto da polícia, que esteve na origem do adiamento do encontro, tenha sido concertada para prejudicar o Sporting.

“Acho bem que os polícias lutem pelos seus direitos e, se calhar, têm todas as razões para isso. As pessoas olharam para isso e viram que foi o único jogo [da I Liga] que não existiu, quer no sábado, quer no domingo, e isso pode causar alguma estranheza. Mas, volto a dizer, muito sinceramente, não penso nada disso”, refutou.

O treinador do Sporting falou sobre o adiamento do encontro com o Famalicão, da I Liga de futebol, na antevisão da partida da Taça de Portugal, agendada para quarta-feira, no terreno da União de Leiria.

O encontro entre o Famalicão e o Sporting estava inicialmente previsto para as 18:00 e, já depois de remarcado para as 19:00, foi definitivamente adiado por falta de agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) no local.

Advertisement

A falta de agentes da PSP para supervisionar o jogo entre minhotos e ‘leões’ deu-se após protestos das forças de segurança em Lisboa e no Porto, relacionados com a atribuição do suplemento de missão.

Um elevado número de baixas médicas na PSP resultou na falta de agentes para o policiamento do jogo, situação que levou já a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) a solicitar medidas ao Governo.

No exterior do estádio ocorreram ainda confrontos entre adeptos afetos a ambas as equipas, que provocaram ferimentos em seis pessoas.

Advertisement
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

LIGA DOS CAMPEÕES: FC PORTO VENCE ARSENAL COM GOLO DE GALENO AOS 90+4

Um golo de Galeno, em tempo de compensação, deu hoje ao FC Porto a vitória por 1-0 sobre o Arsenal, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, no Estádio do Dragão.

Online há

em

Um golo de Galeno, em tempo de compensação, deu hoje ao FC Porto a vitória por 1-0 sobre o Arsenal, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, no Estádio do Dragão.

O tento do triunfo surgiu no derradeiro minuto dos ‘descontos’, aos 90+4, permitindo que os ‘dragões’, campeões europeus em 1987 e 2004, entrem em vantagem no encontro da segunda mão, agendado para 12 de março, em Londres.

O FC Porto procura superar os ‘oitavos’ da ‘Champions’ pela sexta vez, depois de 2003/04, 2008/09, 2014/15, 2018/19 e 2020/21.

LER MAIS

DESPORTO

BENFICA: SCHMIDT DESTACA “BOA FASE” DA EQUIPA MOTIVADA PARA OS “OITAVOS”

O treinador Roger Schmidt destacou hoje a boa fase que o Benfica atravessa, pelo que espera dar continuidade ao momento no encontro com os franceses do Toulouse, rumo aos oitavos de final da Liga Europa em futebol.

Online há

em

O treinador Roger Schmidt destacou hoje a boa fase que o Benfica atravessa, pelo que espera dar continuidade ao momento no encontro com os franceses do Toulouse, rumo aos oitavos de final da Liga Europa em futebol.

Na passada semana, no Estádio da Luz, dois penáltis concretizados pelo argentino Ángel Di María, aos 68 e 90+8 minutos, com um tento do dinamarquês Mikkel Desler pelo meio, aos 75, selaram o 2-1 a favor das ‘águias’, mas, na quinta-feira, em Toulouse, o desafio da segunda mão do play-off será “diferente”.

“Espero um jogo difícil, porque a segunda mão de um jogo a eliminar é sempre diferente e difícil. A abordagem será um pouco diferente, eles precisam de golos para continuar e têm de atacar um pouco mais. Acreditamos em nós, queremos jogar o nosso futebol ofensivo e mostrar durante os 90 minutos que merecemos continuar na competição”, perspetivou, em conferência de imprensa.

E acrescentou: “A equipa está muito motivada. Estamos a atravessar uma boa fase e estamos bem o suficiente para vencermos o jogo”.

Para ultrapassar, novamente, o 13.º classificado da Liga francesa, as ‘águias’ vão ter de “jogar sempre com intensidade e transições”, de forma a “colocar o jogo longe” da sua área, segundo Schmidt.

Advertisement

A mãe do médio João Neves faleceu recentemente, com o treinador a mostrar-se solidário, embora sem garantir a titularidade do internacional luso em Toulouse.

“Muito chocado e triste. Estamos todos compreensivos sobre a decisão dele de treinar e jogar, porque era o que queria. A vida continua, estamos com ele e vamos falar antes de tomar a decisão sobre se joga ou não”, terminou.

O guarda-redes Trubin falou aos jornalistas antes do técnico germânico, para vincar que o objetivo dos ‘encarnados’ passa pela qualificação para os oitavos de final da competição.

“Todas as competições são muito importantes para o Benfica. O foco é vencer o Toulouse e avançar para a próxima fase. Espero que não seja necessário irmos a penáltis para ultrapassarmos a eliminatória”, expressou.

O Toulouse recebe o Benfica na quinta-feira, em jogo da segunda mão do play-off de acesso aos oitavos de final da Liga Europa, com início às 17:45 (hora de Lisboa), que será arbitrado pelo italiano Maurizio Marinai.

Advertisement
LER MAIS

MAIS LIDAS