LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

REGIÕES

AÇORES QUEREM LANÇAR VOOS SUBORBITAIS A PARTIR DE OUTUBRO DE 2023

O Governo Regional aprovou a Estratégia dos Açores para o Espaço, que prevê o lançamento de voos suborbitais a partir de outubro de 2023 e define que as operações devem ser assumidas por privados, foi hoje anunciado.

blank

O Governo Regional aprovou a Estratégia dos Açores para o Espaço, que prevê o lançamento de voos suborbitais a partir de outubro de 2023 e define que as operações devem ser assumidas por privados, foi hoje anunciado.

“A Estratégia dos Açores para o Espaço procura sintetizar este ecossistema que pretendemos criar na área do Espaço. O lançamento de suborbitais é um destes elementos”, afirmou o subsecretário da Presidência, na apresentação das conclusões do Conselho de Governo (PSD/CDS-PP/PPM), que esteve reunido na segunda-feira.

Faria e Castro falava aos jornalistas em Vila do Porto, Santa Maria, onde o executivo regional está a realizar uma visita estatutária.

O governante detalhou que, entre os “próximos passos” da política espacial, está o lançamento de voos suborbitais, que o executivo pretende que se concretize a partir de outubro de 2023.

Os suborbitais são voos espaciais que atingem o espaço, mas que cruzam a atmosfera sem perfazer a órbita completa do planeta.

O subsecretário regional ressalvou que as operações deverão ser assumidas por operadores privados.

Segundo disse, o Governo Regional “tem é de criar as condições para que os operadores se sintam devidamente atraídos” para investir nos Açores.

“O objetivo do governo é o de criar as condições. A maioria e a generalidade das ações a serem desenvolvidas serão desenvolvidas por privados. Isto tem um contexto económico muito importante e não compete ao governo assumir a sua realização”, reforçou.

Faria e Castro realçou que Estratégia dos Açores para o Espaço dá uma “priorização” à ilha de Santa Maria, a mais oriental do arquipélago.

“Há a priorização da ilha de Santa Maria no plano geográfico para a Estratégia dos Açores para o Espaço, mas não é só a ilha de Santa Maria que deverá dar um contributo para a estratégia. Todas as nove ilhas têm, de uma forma ou outra, a possibilidade de virem a ser um contributo importante nessa estratégia”, assinalou.

No domingo, o coordenador da Estrutura de Missão dos Açores para o Espaço (EMA-Espaço) avançou que o Centro Tecnológico Espacial de Santa Maria, que vai receber a aterragem do ‘Space Rider’, vai arrancar no primeiro semestre de 2023.

Paulo Quental acrescentou que aquele centro vai ser instalado na zona do kartódromo de Vila do Porto, estando a ser “estudadas as necessidades” para acolher a aterragem do ‘Space Rider’, o vaivém espacial da Agência Espacial Europeia (ESA).

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

REGIÕES

O tribunal de Bragança remarcou para 17 de fevereiro a leitura do acórdão do julgamento sobre a morte do jovem cabo-verdiano Luís Giovani, que...

REGIÕES

Os alunos do ensino secundário que residam a mais de três quilómetros da escola vão ter transporte gratuito a partir de fevereiro, informou hoje...

REGIÕES

Uma marcha com alguns milhares de agricultores e tratores percorreu hoje o centro da cidade de Mirandela num protesto com assobios ao Governo contra...

REGIÕES

A Câmara de Lisboa aprovou, esta quarta-feira, a criação do “Cabaz Bebé”, medida dirigida às famílias beneficiárias do Rendimento Social de Inserção com filhos...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER