LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

REGIÕES

AMARES: ACIDENTE COM HELICÓPTERO É UMA ‘HISTÓRIA QUE SE REPETE’

No passado dia 01 de setembro um helicóptero Bell operado pela Helibravo despenha-se em Louredo, concelho de Amares, no distrito de Braga, na sequência de uma alegada colisão com cabos de alta tensão. Mas esta é uma história que se repete.

blank

No passado dia 01 de setembro um helicóptero Bell operado pela Helibravo despenha-se em Louredo, concelho de Amares, no distrito de Braga, na sequência de uma alegada colisão com cabos de alta tensão. A boa notícia é que apesar dos ferimentos graves o piloto foi resgatado com vida e já se encontra estável e a recuperar após internamento no Hospital de Braga.

Segundo a ANEP, o alerta terá sido registado às 19:25 em linha com os testemunhos do acidente que relatam uma aeronave descontrolada que caiu a pique após chocar com cabos elétricos envoltos em fumo.

Era impossível ver aqueles cabos no meio do fumo” diz uma testemunha do acidente que exigiu anonimato.

As reações não se fizeram esperar  “Infelizmente esta queda em nada nos surpreendente, estes meios reportam frequentemente avarias em voo (…) colocando mesmo em causa as inspeções técnicas realizadas”, realçou o presidente da APROSOC, João Paulo Saraiva, em comunicado.

A APROSOC lembrou ainda que “os níveis de radiação dos cabos de transporte de energia elétrica são detetáveis com analisadores espetrais com medidores de intensidade de campo (…) Neste contexto, ainda que não existissem outros sistemas na aeronáutica civil (radares de proximidade, sistemas de termografia, entre outros) para a deteção de obstáculos no ar, reitera esta associação a sua forte convicção de que é possível essa deteção, em especial no que respeita a cabos de transporte de energia elétrica e que, tal situação possibilita evitar acidentes com aeronaves”, sublinhou João Paulo Saraiva.

Um acidente anunciado? A Helibravo estava ‘avisada’

Exatamente neste dia 5 setembro de 2019 um helicóptero Eurocopter AS350 B2, com matrícula CS-HFT, que realizava operações de combate a um incêndio florestal na localidade do Sobrado, no município de Valongo despenhou-se exatamente pelo mesmo motivo, mas com outro desfecho que provocou a morte ao piloto.

O Relatório Final do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) de 2019 aponta para um conjunto de recomendações, nomeadamente “limites de operação de combate aos incêndios, por forma a que esta seja interdita próximo de cabos de transporte de energia elétrica, particularmente os de média, alta e muita alta tensão em que o WPS é ineficaz, fixando uma envolvente limite a uma distância considerada como segura” pode ler-se no documento do GPIAAF.

Aparentemente nem a Força Aérea Portuguesa (FAP) enquanto entidade responsável pela gestão dos meios aéreos empregues no combate aos incêndios, nem o operador Helibravo adotaram a recomendação de segurança Recomendação de Segurança PT.SIA 2020/15 emitida pelo GPIAAF após investigação a acidente semelhante ocorrido em 2019 envolvendo exatamente as mesmas entidades nas mesmas circunstâncias.

Contactado GPIAAF não emitiu qualquer comentário sobre o acidente, remetendo para breve o primeiro Relatório Preliminar. Esclarece o GPIAAF que o objetivo dos relatórios de investigação aos acidentes e incidentes que envolvam aeronaves versa exclusivamente a produção de recomendações de segurança à navegação aérea e que as mesmas circunstâncias, quando adotadas, evitem acidentes futuros.

A Rádio Regional tentou contactar a Helibravo e a FAP para pedir esclarecimentos sem que tal fosse possível até à data/hora desta notícia.

Vítor Fernandes

vitor.fernandes@radioregional.pt

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

REGIÕES

Um agente da PSP foi condenado a uma pena única de seis anos de prisão pela prática de dois crimes de incêndios, explosões e...

REGIÕES

Duas pessoas morreram esta madrugada em Palmeira de Faro, concelho de Esposende, vítimas de um deslizamento de terra, disse à Lusa fonte dos Bombeiros...

REGIÕES

A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de um homem suspeito de ter ateado, na madrugada de quarta-feira, um incêndio urbano que matou a...

REGIÕES

Dez distritos do continente vão estar na terça-feira sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva por vezes forte, informou esta segunda-feira...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER