LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

INTERNACIONAL

EUA ‘PRONTOS’ A APOIAR EUROPA EM FUGAS NOS GASODUTOS NORD STREAM

Os Estados Unidos declararam-se hoje “prontos” para ajudar os seus parceiros europeus a solucionar as fugas identificadas nos gasodutos submarinos Nord Stream no mar Báltico.

blank

Os Estados Unidos declararam-se hoje “prontos” para ajudar os seus parceiros europeus a solucionar as fugas identificadas nos gasodutos submarinos Nord Stream no mar Báltico.

“Os nossos parceiros europeus estão a realizar uma investigação. Nós estamos prontos para apoiar os seus esforços”, declarou hoje o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, através de um porta-voz, a propósito das fugas detetadas nos gasodutos submarinos Nord Stream no mar Báltico.

Recusando-se a “especular” sobre as causas de tais fugas numa infraestrutura essencial para o abastecimento de gás russo, o porta-voz acrescentou: “Isso ilustra a importância dos nossos esforços conjuntos para encontrar fornecimentos de gás alternativos para a Europa”.

Um instituto sísmico sueco anunciou hoje que a Suécia detetou duas explosões submarinas, “muito provavelmente devido a detonações”, perto dos locais onde foram detetadas fugas nos gasodutos que transportam gás russo para a Europa.

Uma primeira “emissão maciça de energia” de magnitude 1,9 foi registada na noite de domingo às 02:03 locais (01:03 em Lisboa), no sudeste da ilha dinamarquesa de Bornholm, indicou Peter Schmidt, da Rede Nacional Sísmica Sueca.

O instituto sueco registou uma segunda ocorrência de magnitude 2,3 às 19:04 locais de segunda-feira (18:04 em Lisboa), no nordeste da ilha.

“Interpretamo-las como procedentes com a maior probabilidade de alguma forma de explosão”, afirmou Schmidt.

As autoridades dinamarquesas e suecas detetaram fugas no gasoduto Nord Stream 1, que a Rússia encerrou no início de setembro, e no gasoduto Nord Stream 2, que nunca foi posto em funcionamento, devido à falta de autorização da Alemanha, na sequência da invasão russa da Ucrânia, a 24 de fevereiro.

Apesar de não estarem operacionais, os dois gasodutos operados por um consórcio da gigante russa Gazprom estavam cheios de gás.

A Ucrânia acusou hoje a Rússia de responsabilidade pelas fugas nos gasodutos, denunciando um “ataque terrorista” contra a União Europeia.

“A fuga de gás em grande escala do Nord Stream 1 não é mais do que um ataque terrorista planeado pela Rússia e um ato de agressão contra a União Europeia”, disse o conselheiro presidencial ucraniano Mykhailo Podoliak no Twitter, citado pela agência de notícias francesa AFP.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

INTERNACIONAL

O Kremlin negou hoje que a Rússia e os Estados Unidos estejam em contacto para promover negociações de paz com Kiev, após fonte militar...

INTERNACIONAL

A página de internet do Parlamento Europeu foi hoje alvo de um ciberataque, no dia em que a instituição aprovou uma resolução em que...

INTERNACIONAL

O Parlamento Europeu aprovou hoje uma resolução em que reconhece a Rússia como um Estado patrocinador do terrorismo, apresentada pelo grupo político dos Conservadores...

INTERNACIONAL

O exército russo causou a morte a pelo menos 438 crianças na Ucrânia desde que começou a invasão, a 24 de fevereiro, disse hoje...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER