Ligue-se a nós

REGIÕES

TORRES VEDRAS: 100 ANOS DE CARNAVAL COM O MAIOR ORÇAMENTO DE SEMPRE

O Carnaval de Torres Vedras ultima os preparativos para receber mais de meio milhão de visitantes mascarados entre sexta-feira e quarta-feira, quando comemora o seu centenário com o maior orçamento de sempre devido à inflação.

Online há

em

O Carnaval de Torres Vedras ultima os preparativos para receber mais de meio milhão de visitantes mascarados entre sexta-feira e quarta-feira, quando comemora o seu centenário com o maior orçamento de sempre devido à inflação.

A dois dias de saírem à rua, ultima-se a construção dos carros alegóricos, conhecidos pela habitual sátira política e social, de acordo com os acontecimentos que marcam a atualidade nacional e internacional.

Aludindo ao tema deste ano, ‘Carnaval do Futuro’, os criativos colocam os ‘robots’ e seres extraterrestres entre os protagonistas, assim como a tradicional figura do Zé Povinho a ser controlado pela inteligência artificial.

As Jornadas Mundiais da Juventude também são evocadas, com o Papa entre os protagonistas.

No monumento erguido no centro da cidade há um mês, são caricaturados o Presidente da República, o primeiro-ministro, os líderes partidários Pedro Nuno Santos (PS) e André Ventura (Chega) e os presidentes russo e coreano.

“Se formos atrás de todos os temas por que Portugal tem passado não havia espaço nos carros alegóricos do Carnaval de Torres Vedras para satirizarmos”, conta à agência Lusa, em tom de brincadeira, um dos criativos, Hélder Silva.

O orçamento passou de 930 mil euros, em 2023, para 1,1 milhões de euros, este ano.

“Fruto da inflação e do aumento dos preços, o orçamento teve de crescer, mas uma boa parte da fatia deste orçamento é destinada a segurança e socorro”, afirma à agência Lusa Rui Penetra, administrador da empresa municipal Promotorres, que organiza o evento.

Para os mais de meio milhão de visitantes esperados “brincarem à grande e à torriense” em condições de segurança, vão ser introduzidas alterações face às últimas edições: além do policiamento reforçado, o alargamento do perímetro dos festejos para evitar a concentração excessiva de pessoas e o aumento das câmaras de videovigilância.

“A Praça Machado Santos, conhecida como Praça da Batata, já estava muito condensada e os foliões já se divertiam de forma muito apertada, então foi entendimento não colocar o palco de animação nessa praça, que continua acessível, e alargámos o recinto noturno para a Praça Alberto Avelino, que passa este ano a ter as quatro noites de animação”, explica o responsável.

Para garantir o socorro, vão ser alargados os horários dos postos de socorros e volta a funcionar um posto médico avançado no Parque Regional de Exposições da cidade, com médicos, enfermeiros, auxiliares de saúde, 40 camas de internamento, suporte avançado de vida e meios para pequena cirurgia para responder à maioria das ocorrências habituais.

Ao todo, estão mobilizados 1.500 profissionais de segurança e socorro para trabalhar durante o evento.

O Carnaval arranca na sexta-feira com o corso escolar, com nove mil mascarados, de manhã, e a chegada e entronização dos reis, à noite.

Entre sábado e terça-feira, realizam-se os tradicionais corsos diurnos e noturnos, em que desfilam os seis carros alegóricos e milhares de foliões mascarados espontâneos, muitos dos quais disfarçados de matrafonas (homens mascarados de mulheres), como é típico no concelho de Torres Vedras, no distrito de Lisboa.

O evento volta a diversos palcos de animação noturna ao ar livre, com djs e os artistas Romana (sábado) e Augusto Canário (segunda-feira), até às 04:00, continuando a animação até de manhã nos bares e discotecas da cidade.

São estimadas receitas de 12 milhões de euros na economia local.

Em 2023, o Carnaval de Torres Vedras foi inscrito no Património Cultural Imaterial Nacional, por ser considerado ‘o mais português de Portugal’ e se manter fiel às tradições do Entrudo português.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

REGIÕES

AÇORES: ÁGUA DO MAR PODERÁ ULTRAPASSAR OS 26 GRAUS – IPMA

A temperatura da água do mar deverá estar excecionalmente quente durante a próxima semana no arquipélago dos Açores, segundo previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que apontam para valores acima dos 26 graus.

Online há

em

A temperatura da água do mar deverá estar excecionalmente quente durante a próxima semana no arquipélago dos Açores, segundo previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que apontam para valores acima dos 26 graus.

“Prevê-se que a partir da próxima semana se verifique um aumento da temperatura da água do mar na região dos Açores, que poderá atingir valores superiores a 26ºC, em particular nas ilhas dos Grupos Ocidental [Corvo e Flores] e Central [Pico, Faial, São Jorge e Terceira]”, pode ler-se num comunicado do IPMA.

“A situação de anomalia positiva da temperatura da superfície do oceano, que se tem verificado nos últimos meses nesta região, resulta da posição e intensidade do Anticiclone dos Açores”, explica o IPMA no comunicado, dando como exemplo a anomalia que em junho “variou entre 0,8 e 1,6°C nos grupos Oriental [Santa Maria e S. Miguel] e Central e entre 1,6 e 2,4°C no Ocidental”.

O Anticiclone dos Açores deverá localizar-se a sudoeste do arquipélago, apresentando um vasto campo de ação, ao qual estarão associados ventos muito fracos à superfície.

Estas condições de vento fraco irão, por um lado, limitar a mistura de água nas camadas mais superficiais do oceano e, por outro, reduzir o transporte de poeiras do deserto do Sahara sobre a região subtropical do Atlântico, deixando a atmosfera mais limpa, permitindo que a radiação solar incidente sobre o oceano seja mais eficiente, refere o comunicado.

Devido à conjugação destes fatores, o IPMA prevê “um aquecimento anormalmente elevado da temperatura da água do mar no arquipélago dos Açores”.

Durante a próxima semana, acrescenta, preveem-se também valores da temperatura do ar acima dos 28°C, com a ocorrência de noites tropicais (temperatura mínima superior a 20°C), juntamente com valores elevados da humidade relativa do ar.

O IPMA deverá assim, oportunamente, emitir avisos meteorológicos de tempo quente para o arquipélago dos Açores.

LER MAIS

REGIÕES

PORTO: SETE ANOS DE PRISÃO POR ESFAQUEAR UM HOMEM NA DISCOTECA

O homem que esfaqueou outro à porta de uma discoteca no Porto em fevereiro de 2023 foi hoje condenado a sete anos de prisão no Tribunal São João Novo, no Porto.

Online há

em

O homem que esfaqueou outro à porta de uma discoteca no Porto em fevereiro de 2023 foi hoje condenado a sete anos de prisão no Tribunal São João Novo, no Porto.

Durante a leitura do acórdão, a presidente do coletivo de juízes referiu que o arguido, em prisão preventiva, mostrou “frieza e falta de afetividade pelo ser humano”.

“Espero que retire alguma lição daqui para a frente”, atirou a magistrada.

Além disso, a juíza frisou que os problemas não se resolvem à facada.

Em fevereiro de 2023, o arguido de 26 anos, agora condenado, esfaqueou cinco vezes, duas das quais em órgãos vitais, um homem à porta de uma discoteca no Porto.

O arguido e o ofendido integravam um grupo de seis pessoas que se juntou com o propósito de comprar o acesso à área reservada da discoteca, dividindo entre todos a despesa, tendo estado na origem das agressões uma discordância quanto ao valor cobrado pelo ofendido.

“Uma discussão sobre cinco euros deixou o ofendido entre a vida e a morte, algo que é desprezível”, frisou a magistrada.

A juíza recordou que a vítima, jogador de futebol de 21 anos, teve de ser reanimado e operado de urgência após o esfaqueamento.

LER MAIS

MAIS LIDAS