LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

DESPORTO

BENFICA VENCE MARÍTIMO E CONTINUA A TRÊS PONTOS DO SEGUNDO LUGAR (VÍDEO)

O Benfica venceu hoje o Marítimo por 1-0, em jogo da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, mantendo-se a três pontos do FC Porto, que está no segundo lugar do campeonato.

blank

O Benfica venceu hoje o Marítimo por 1-0, em jogo da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, mantendo-se a três pontos do FC Porto, que está no segundo lugar do campeonato.

No estádio da Luz, o Benfica marcou o único golo do jogo aos 21 minutos, com o alemão Luca Waldschmidt a não desperdiçar uma grande penalidade, a primeira a beneficiar a equipa esta época no campeonato, com os ‘encarnados’ a somarem a quinta vitória seguida na prova.

Com este resultado, o Benfica recupera o terceiro lugar da I Liga, com 54 pontos, mais um que o Sporting de Braga, e está a três do FC Porto e a 10 do líder Sporting, que tem menos um jogo, enquanto o Marítimo vai em duas derrotas seguidas e está em 17.º e penúltimo, com 21 pontos.

BENFICA VENCE MARÍTIMO E CONTINUA A TRÊS PONTOS DO SEGUNDO LUGAR (VÍDEO)

O alemão Waldschmidt fez a diferença, aos 21 minutos, ao apontar o penálti que ofereceu a quinta vitória consecutiva do Benfica no campeonato e a 250.ª do treinador Jorge Jesus ao leme da equipa lisboeta, que não sofreu qualquer golo nas últimas seis rondas.

A vitória permite ao Benfica manter-se na perseguição ao segundo classificado, o FC Porto, somando 54 pontos, a três dos ‘dragões’, enquanto o Marítimo encerra a jornada na zona de despromoção, no 17.º posto, com 21 pontos, os mesmos do rival madeirense Nacional, que ocupa a última posição.

Se Jorge Jesus abdicou do esquema de três centrais, com Vertonghen no banco e Everton no corredor esquerdo do ataque, Júlio Vélazquez decidiu apostar nesse sistema, com a inclusão de Andreas Karo e René Santos ao lado de Zainadine, bem como de Edgar Costa e Ali Alipour no apoio a Joel Tagueu, na frente, face à suspensão de Rodrigo Pinho.

Depois de tentativas iniciais de Seferovic, num cabeceamento torto, aos 10 minutos, e de Jean Irmer, com um remate fraco ao lado, no lance seguinte, Everton efetuou o primeiro remate enquadrado, aos 17, num ‘tiro’ rasteiro em zona frontal que Amir agarrou.

O Benfica chegou à vantagem beneficiando da primeira grande penalidade a seu favor na presente edição da I Liga, a castigar uma falta de Marcelo Hermes sobre Rafa, que Waldschmidt, na conversão, não desperdiçou, ao atirar colocado para o lado esquerdo de Amir, que ainda adivinhou o lado, aos 21 minutos.

Solicitado por Grimaldo, Seferovic dispôs de nova oportunidade logo de imediato, ao desmarcar-se entre os centrais, mas, apesar do bom domínio, atirou já em esforço ao lado, replicando aos 29, em jogada construída com Rafa, que o suíço rematou para defesa de Amir, com o pé.

A turma madeirense logrou chegar com perigo à baliza das ‘águias’ aos 40 minutos, através de uma bola parada, dirigida a Zainadine ao segundo poste, com o moçambicano a amortecer para Andreas Karo, que permitiu a defesa segura de Helton Leite.

Uma bela jogada de ‘laboratório’ por parte do Benfica deu o mote para um segundo tempo de grande desperdício, quando Otamendi, aos 54 minutos, atirou ao lado, já na pequena área adversária e com a baliza escancarada, após combinação entre Everton e Waldschmidt.

A vencer apenas pela margem mínima, o Benfica voltou, mais uma vez, a adormecer no jogo e a permitir algumas investidas dos forasteiros, a mais flagrante das quais aos 62, salva com uma enorme defesa de Helton Leite com a coxa direita, numa ‘bomba’ de Cláudio Winck no ‘coração’ da área, após um canto, superiorizando-se à defensiva ‘encarnada’.

Na sequência da defesa do guarda-redes brasileiro, o Benfica progrediu no terreno em grande velocidade e Seferovic, completamente isolado diante de Amir, viu o iraniano levar a melhor, levando o treinador Jorge Jesus ao desespero.

As ‘águias’ limitaram-se a controlar as incidências até final, mas, nos descontos e já a defender com três centrais, Correa assustou com um remate ligeiramente ao lado, com o Benfica a desperdiçar nova ocasião flagrante no último minuto do jogo, desta feita pelo recém-entrado Chiquinho, a rematar contra o corpo de Amir.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DESPORTO

No Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, os golos do canadiano Stephen Eustáquio (10 minutos) e do espanhol Iván Marcano (86) sentenciaram a...

DESPORTO

O FC Porto conquistou hoje pela primeira vez a Taça da Liga de futebol, depois de bater o Sporting por 2-0 na final da...

DESPORTO

O Benfica venceu hoje na vista ao Paços de Ferreira por 2-0, em jogo antecipado da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol,...

DESPORTO

O árbitro João Pinheiro vai dirigir pela sétima vez um jogo entre Sporting e FC Porto, no sábado, na final da Taça da Liga,...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER