LIGUE-SE A NÓS

O QUE PROCURA ?

REGIÕES

MATOSINHOS: EX-TRABALHADORES DA REFINARIA REAGEM AOS LUCROS DA GALP

A Comissão Central de Trabalhadores (CCT) da Petrogal considerou esta segunda-feira, reagindo aos lucros da Galp, que o encerramento da refinaria de Matosinhos, no distrito do Porto, é um “espectro que continua a assombrar” a administração e o Governo.

blank

A Comissão Central de Trabalhadores (CCT) da Petrogal considerou esta segunda-feira, reagindo aos lucros da Galp, que o encerramento da refinaria de Matosinhos, no distrito do Porto, é um “espectro que continua a assombrar” a administração e o Governo.

Em dia de apresentação de resultados, o encerramento da refinaria do Porto é um espectro que continua a assombrar a Administração Amorim [maior acionista individual da Galp] e o primeiro-ministro, António Costa, pelo miserável serviço prestado ao país”, refere a CCT da Petrogal num comunicado hoje divulgado.

A estrutura representativa dos trabalhadores reagiu assim aos lucros da Galp, que subiram 153% no primeiro semestre, face a igual período de 2021, para 420 milhões de euros, com os resultados a refletirem um “desempenho operacional robusto”, divulgou a empresa.

No entender da CCT, os resultados “são o prémio inacreditável da incompetência, dos despedimentos e da destruição social”.

Os números conhecidos “criam a expectativa de que também os resultados anuais batam recordes“, afirmando a CCT que a refinação “retomou um lugar que era seu e que muitos acharam pertencer ao passado”.

Ao que parece, a morte da refinação foi mais um boato manifestamente exagerado”, vincam os trabalhadores da Petrogal, considerando que as refinarias “continuam a ter um papel central na soberania energética do país”.

A CCT “repetirá mil vezes que as refinarias continuam a ter um papel central na soberania energética do país, produzindo os combustíveis que continuam a ser necessários para alimentar as cadeias de abastecimento e a generalidade dos transportes”, pode ler-se no comunicado.

Os trabalhadores apelidaram ainda os resultados semestrais de “estratosféricos”, dizendo que poderiam “ser ainda mais massivos caso a refinaria do Porto continuasse a produzir combustíveis, produtos químicos e óleos-base”.

Estes resultados são um hino à falta de visão estratégica, ao seguidismo acéfalo, ou então não, apenas ao oportunismo de quem se tentou aproveitar de uma situação pandémica para concretizar os seus objetivos pequeninos”, acrescenta.

A estrutura representativa dos trabalhadores considera ainda “estranho que quanto mais se fala de transição energética, mais sobem os lucros da petrolíferas”, e que a “área das renováveis continua sem expressão nos resultados”.

“A verdade teima a vir ao de cima e a escancarar os contornos lesa-pátria do encerramento da refinaria do Porto”, segundo os trabalhadores da Petrogal.

A antiga refinaria de Matosinhos vai dar lugar a uma cidade da inovação ligada às “energias do futuro”, no âmbito de um protocolo de cooperação entre a Galp, a Câmara de Matosinhos e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

No dia 21 de dezembro de 2020, a Galp comunicou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a decisão de encerramento da atividade de refinação em Matosinhos, concentrando as suas atividades no complexo de Sines.

Quer comentar ?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

REGIÕES

O secretário de Estado Ajunto do primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, que está a ser investigado pelo Ministério Público, disse...

ECONOMIA & FINANÇAS

A proposta de Orçamento do Estado para 2023 foi hoje aprovada na generalidade, no parlamento, pela maioria absoluta de deputados do PS e com...

REGIÕES

O Ministério Público está a investigar o contrato-promessa de arrendamento para fins não habitacionais, aprovado em 2020 pela Câmara de Caminha, para a construção...

ECONOMIA & FINANÇAS

A Galp obteve um lucro de 608 milhões de euros, nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma subida de 86% face...

RÁDIO REGIONAL

blank


DESPORTO DIRETO


LINHA CANCRO

RÁDIO REGIONAL


EMISSÃO NACIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




EMISSÃO REGIONAL



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER




WEBRÁDIOS TEMÁTICAS



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER



ABRIR PLAYER